COPO CERÂMICA VALE DO JEQUITINHONHA (SERGINA) - 13 MODELOS

 

Dimensões (altura x largura x profundidade):  8 x 8 x 8 cm

Peso: 0,28 kg
Origem: Vale do Jequitinhonha (Minas Gerais)


História: O Vale do Jequitinhonha situa-se no Norte do Estado de Minas Gerais, e já foi considerado uma das regiões mais pobres do Brasil, sendo a única região fora do Nordeste que está incluída no polígono das secas.

 

Historicamente, os homens abandonavam o local em busca de oportunidades de trabalho em outras regiões, mas nas últimas décadas as mulheres de várias cidades da região começaram a mudar o jogo, produzindo peças cerâmicas artesanais de alta qualidade, que virou fonte de renda e sustento para as famílias, contendo o êxodo dos adultos.

 

O Vale do Jequitinhonha se transformou num novo pólo artístico de produção de cerâmica, que  destaca-se pelas cores pastéis (feitas com variações de cores no próprio barro) e por serem peças delicadas de decoração. 

 

  

Observação: Por serem produzidas artesanalmente, cada peça é única, não existindo duas exatamente iguais. Podem haver pequenas variações nas dimensões (para mais ou para menos), cores e tonalidades entre as peças e entre o percebido nas telas de celulares ou computadores e nas peças reais. Se tiver dúvida em algum detalhe, nos envie mensagem que teremos prazer em dirimi-las.

Copo Cerâmica Decorativo Vale do Jequitinhonha (Sergina) - Modelo 6

R$68,00
Esgotado
Copo Cerâmica Decorativo Vale do Jequitinhonha (Sergina) - Modelo 6 R$68,00
Compra protegida
Seus dados cuidados durante toda a compra.
Trocas e devoluções
Se não gostar, você pode trocar ou devolver.

COPO CERÂMICA VALE DO JEQUITINHONHA (SERGINA) - 13 MODELOS

 

Dimensões (altura x largura x profundidade):  8 x 8 x 8 cm

Peso: 0,28 kg
Origem: Vale do Jequitinhonha (Minas Gerais)


História: O Vale do Jequitinhonha situa-se no Norte do Estado de Minas Gerais, e já foi considerado uma das regiões mais pobres do Brasil, sendo a única região fora do Nordeste que está incluída no polígono das secas.

 

Historicamente, os homens abandonavam o local em busca de oportunidades de trabalho em outras regiões, mas nas últimas décadas as mulheres de várias cidades da região começaram a mudar o jogo, produzindo peças cerâmicas artesanais de alta qualidade, que virou fonte de renda e sustento para as famílias, contendo o êxodo dos adultos.

 

O Vale do Jequitinhonha se transformou num novo pólo artístico de produção de cerâmica, que  destaca-se pelas cores pastéis (feitas com variações de cores no próprio barro) e por serem peças delicadas de decoração. 

 

  

Observação: Por serem produzidas artesanalmente, cada peça é única, não existindo duas exatamente iguais. Podem haver pequenas variações nas dimensões (para mais ou para menos), cores e tonalidades entre as peças e entre o percebido nas telas de celulares ou computadores e nas peças reais. Se tiver dúvida em algum detalhe, nos envie mensagem que teremos prazer em dirimi-las.